security/manager/chrome/pipnss/pipnss.properties
author Marcelo Ghelman <marcelo.ghelman@gmail.com>
Mon, 17 Jan 2022 20:34:24 +0000
changeset 5561 ce1ab16cc1acd0fa7ae898feeba46c6d497fe981
parent 5452 90e36c1f3808b7405a0dd7336262c43d7557ca07
permissions -rw-r--r--
Pontoon: Update Portuguese (Brazil) (pt-BR) localization of Thunderbird Co-authored-by: Marcelo Ghelman <marcelo.ghelman@gmail.com>

#
# This Source Code Form is subject to the terms of the Mozilla Public
# License, v. 2.0. If a copy of the MPL was not distributed with this
# file, You can obtain one at http://mozilla.org/MPL/2.0/.

CertPasswordPrompt=Digite a senha do PKCS#11 token %S.

CertPasswordPromptDefault=Digite sua senha principal.

# The following strings have special requirements: they must fit in a 32 or 64
# bytes buffer after being encoded to UTF-8.
#
# It's possible to verify the length of a translation using the Browser Console
# in Firefox and evaluating the following code:
#
# (new TextEncoder('utf-8').encode('YOURSTRING')).length
#
# Simply replace YOURSTRING with your translation.
#
# If it's not possible to produce an understandable translation within these
# limits, keeping the English text is an acceptable workaround.

# LOCALIZATION NOTE (RootCertModuleName): string limit is 64 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 64 bytes
RootCertModuleName=Módulo integrado de raízes
# LOCALIZATION NOTE (ManufacturerID): string limit is 32 bytes after conversion
# to UTF-8.
# length_limit = 32 bytes
ManufacturerID=Mozilla.org
# LOCALIZATION NOTE (LibraryDescription): string limit is 32 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 32 bytes
LibraryDescription=Serviços cript. internos do PSM
# LOCALIZATION NOTE (TokenDescription): string limit is 32 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 32 bytes
TokenDescription=Serviços gerais de criptografia
# LOCALIZATION NOTE (PrivateTokenDescription): string limit is 32 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 32 bytes
PrivateTokenDescription=Disp. de segurança em software
# LOCALIZATION NOTE (SlotDescription): string limit is 64 bytes after conversion
# to UTF-8.
# length_limit = 64 bytes
SlotDescription=Serviços internos de criptografia do PSM
# LOCALIZATION NOTE (PrivateSlotDescription): string limit is 64 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 64 bytes
PrivateSlotDescription=Chaves privada do PSM
# LOCALIZATION NOTE (Fips140TokenDescription): string limit is 32 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 32 bytes
Fips140TokenDescription=Disp. de segurança em SW (FIPS)
# LOCALIZATION NOTE (Fips140SlotDescription): string limit is 64 bytes after
# conversion to UTF-8.
# length_limit = 64 bytes
Fips140SlotDescription=Serviços de criptografia, chave e certificados FIPS 140

# LOCALIZATION NOTE (nick_template): $1s is the common name from a cert (e.g. "Mozilla"), $2s is the CA name (e.g. VeriSign)
nick_template=ID %2$s da/do %1$s

CertDumpKUSign=Assinatura
CertDumpKUNonRep=Não repúdio
CertDumpKUEnc=Codificação de chaves
CertDumpKUDEnc=Codificação de dados
CertDumpKUKA=Acordo de chave
CertDumpKUCertSign=Signatário de certificado
CertDumpKUCRLSigner=Signatário de CRL

PSMERR_SSL_Disabled=Não foi possível conectar com segurança porque o protocolo SSL foi desativado.
PSMERR_SSL2_Disabled=Não foi possível conectar com segurança porque o site usa uma versão antiga e não segura do protocolo SSL.
PSMERR_HostReusedIssuerSerial=Você recebeu um certificado inválido. Entre em contato com o administrador do servidor e forneça as seguintes informações:\n\nSeu certificado contém o mesmo número de série que o de outro certificado emitido pela autoridade certificadora. Providencie um novo certificado contendo um número de série único.

# LOCALIZATION NOTE (SSLConnectionErrorPrefix2): %1$S is the host string, %2$S is more detailed information (localized as well).
SSLConnectionErrorPrefix2=Ocorreu um erro durante uma conexão com %1$S. %2$S\n

certErrorIntro=O servidor %S usa um certificado de segurança inválido.

certErrorTrust_SelfSigned=O certificado não é considerado confiável porque é autoassinado.
certErrorTrust_UnknownIssuer=O certificado não é considerado confiável porque o certificado do emissor é desconhecido.
certErrorTrust_UnknownIssuer2=O servidor pode não está enviando os certificados intermediários apropriados.
certErrorTrust_UnknownIssuer3=Pode ser necessário importar um certificado raiz adicional.
certErrorTrust_CaInvalid=O certificado não é considerado confiável porque foi emitido com o certificado de uma CA inválida.
certErrorTrust_Issuer=O certificado não é considerado confiável porque o certificado do emissor não é considerado confiável.
certErrorTrust_SignatureAlgorithmDisabled=O certificado não é considerado confiável porque foi assinado usando um algoritmo de assinatura que foi desativado porque não é seguro.
certErrorTrust_ExpiredIssuer=O certificado não é considerado confiável porque a validade do certificado do emissor está vencida.
certErrorTrust_Untrusted=O certificado não é de origem considerada confiável.
certErrorTrust_MitM=Sua conexão está sendo interceptada por um proxy TLS. Desinstale-o se possível ou configure o seu dispositivo para confiar em seu certificado raiz.

certErrorMismatch=O certificado não é válido para o nome %S.
# LOCALIZATION NOTE (certErrorMismatchSinglePrefix): %S is replaced by the domain for which the certificate is valid
certErrorMismatchSinglePrefix=O certificado só é válido para %S.
certErrorMismatchMultiple=O certificado só é válido para os seguintes nomes:

# LOCALIZATION NOTE (certErrorExpiredNow): Do not translate %1$S (date+time of expired certificate) or %2$S (current date+time)
certErrorExpiredNow=O certificado era válido até %1$S. A data atual é %2$S.

# LOCALIZATION NOTE (certErrorNotYetValidNow): Do not translate %1$S (date+time certificate will become valid) or %2$S (current date+time)
certErrorNotYetValidNow=O certificado não será válido antes de %1$S. A data atual é %2$S.

certErrorMitM=Sites comprovam a própria identidade através de certificados, que são emitidos por autoridades certificadoras.
# LOCALIZATION NOTE (certErrorMitM2): %S is brandShortName
certErrorMitM2=%S é respaldado pela Mozilla, sem fins lucrativos, que administra um armazenamento de autoridades certificadoras (CA) completamente aberto. O armazenamento de autoridades certificadoras ajuda a garantir que elas estão seguindo as melhores práticas para segurança dos usuários.
# LOCALIZATION NOTE (certErrorMitM3): %S is brandShortName
certErrorMitM3=O %S usa o armazenamento de autoridades certificadoras da Mozilla para verificar se uma conexão é segura, em vez de certificados fornecidos pelo sistema operacional do usuário. Portanto, se um programa antivírus ou uma rede estiver interceptando uma conexão com um certificado de segurança emitido por uma autoridade certificadora que não esteja no armazenamento da Mozilla, a conexão será considerada não segura.

certErrorSymantecDistrustAdministrator=Você pode notificar o administrador da página a respeito deste problema.

# LOCALIZATION NOTE (certErrorCodePrefix3): %S is replaced by the error code.
certErrorCodePrefix3=Código do erro: %S

P12DefaultNickname=Certificado importado
CertUnknown=Desconhecido
CertNoEmailAddress=(sem endereço de email)
CaCertExists=Este certificado já está instalado como uma autoridade certificadora.
NotACACert=Este certificado não é o de uma autoridade certificadora. Desse modo ele não pode ser importado para a lista de autoridades certificadoras.
UserCertIgnoredNoPrivateKey=Este certificado pessoal não pôde ser instalado porque você não possui a chave privada correspondente que foi criada quando o certificado foi solicitado.
UserCertImported=Seu certificado pessoal foi instalado. Você deve manter um backup deste certificado.
CertOrgUnknown=(Desconhecido)
CertNotStored=(Não salvo)
CertExceptionPermanent=Permanente
CertExceptionTemporary=Temporário